Úmero

O Úmero é um osso pertencente do membro torácico. É formador da região do braço.

  • Classificação: Osso Longo.
  • Partes do Osso
    • Epífise Proximal
    • Epífise Distal
    • Diáfise
  • Forma: Quatro faces.
    • Face Cranial
    • Face Caudal
    • Face Lateral
    • Face Medial

Principais Acidentes

Cabeça

Articula-se à cavidade glenoidal da escápula.

Colo

Leve estreitamento da epífise proximal.

Tuberculos

Ruminantes, suinos e carnivoros apresentam dois tubérculos: maior e menor. Equinos apresentam três tuberculos: maior, intermédio e menor.

Sulco Intertubercular

Sulco localizado entre os tubérculos. Passagem do tendão de origem do músculo Bíceps do Braço.

Sulco Para o Músculo Braquial

A diáfise do úmero se apresenta irregularmente cilíndrico, dando um aspecto espiralado. O sulco formado permite a passagem do músculo Braquial.

Tuberosidade Redonda Maior

Pequena protuberância na face medial da diáfise. Permite a fixação dos músculos Redondo Maior e Grande Dorsal.

Tuberosidade Deltóide

Grande protuberância na face lateral da diáfise. Permite a fixação do músculo Deltóide.

Côndilo

É formado por toda a epífise distal do úmero. Apresenta uma superfície lisa para articulação com o Rádio, denominada Troclea.Nas espécies carnivoras, a parte lateral da epífise distal é denominada Capítulo e a parte medial é denominada Troclea.

Epicôndilo Lateral

Área rugosa na face lateral do côndilo. Permite a fixação dos músculos Extensor Radial do Carpo, Extensor Comum dos Dedos, Extensor Lateral dos Dedos e Ulnar Lateral.

Epicôndilo Medial

Área rugosa na face medial do côndilo. Permite a fixação dos músculos Flexor Ulnar do Carpo, Flexor Superficial dos Dedos, Flexor Profundo dos Dedos, Flexor Radial do Carpo e Pronador Redondo.

Fossa do Olécrano

Grande depressão na face caudal da epífise distal do úmero. Permite articulação com a Ulna.

Fossa Radial

Pequena depressão na face cranial da epífise distal do úmero. Permite articulação com o Rádio.

Diferenças Entre as Espécies

Canino

Apresenta Forame Supratroclear na epífise distal do úmero.

Felino

Apresenta Forame Supracondilar na epífise distal do úmero.

Equino

Apresenta três tubérculos e dois sulcos intertuberculares na epífise proximal do úmero.