Ressecção Lateral da Parte Vertical do Canal Auditivo

Indicado para hiperplasia de epitélio da cartilagem lateral do canal ou lesões neoplásicas.

Vantagens:

  • Drenagem
  • Melhor ventilação
  • Facilita na administração de farmacos.

Preparação

  • Cabeça levemente elevada em decúbito lateral.
  • Depilação de toda a base da orelha.

Incisão

  • Indroduzir pinca hemostática no interior da parte vertical do canal auditivo para sentir a profundidade.
  • Marcar ponto de referência abaixo do início da parte horizontal do canal auditivo.
  • Realizar duas incisões d epele paralelas a parede lateral da parte vertical do canal.
  • As incisões devem ir do trago até o ponto de referência ventral.
  • Unir as incisões ventralmente, dissecar e rebater a pele em direção dorsal expondo a cartilagem.

Procedimento

  • Dissecar proximo a cartilagem evitando o Nervo Facil e a Glândula Salivar Parótida.
  • Seccionar parede lateral da cartilagem iniciando na margem cranial da incisão de pele.
  • Seccionar parede lateral da cartilagem iniciando na margem caudal da incisão de pele.
  • Prolongar incisões até a abertura da parte horizontal do canal auditivo.
  • As cartilagens sao retiradas permitindo a visualização da parte horizontal do canal auditivo.

Síntese

  • Suturar pele ao epitélio da cartilagem nos dois lados das incisões paralelas.
  • Suturar a entrada da parte horizontal do canal auditivo à pele.