Acesso às Glândulas Salivares Mandibular e Sublingual

As principais indicações para este acesse são o tratamento de mucoceles e remoção de neoplasias.

Preparação

  • Posicionar paciente em decúbito lateral.
  • Pescoço deve apresentar leve rotação contralateral e deve estar estendido sobre toalha cirúrgica e a mandíbula presa à mesa com fita adesiva.
  • Depilação da àrea a ser incisada.

Incisão

  • Incisão da pele levemente elíptica, iniciando na formação da veia Jugular Externa (confluencia das veias Linguofacial e Maxilar) e terminando na face caudoventral do Corpo da Mandíbula.
  • Incisão do músculo Platisma.
  • Incisar o músculo Parótido Auricular caso nescessário.

Procedimento

  • Identificar a glândula salivar mandibular entre as veias Linguofacial e Maxilar.
  • Incisar a cápsula da glândula.
  • Cuidadosa tração caudal da glândula.
  • Dissecção romba da fáscia entre os músculos Digástrico e Masseter.
  • As glândulas são liberadas e expostas. A dissecção termina quando o nervo Lingual é identificado.
  • O músculo Digástrico pode ser seccionado para maior visibilização das glândulas.

Síntese

  • Suturar músculo Digástrico (caso tenha sido seccionado).
  • Suturar músculo Parótido Auricular (caso tenha sido seccionado).
  • Músculo Platisma e tela Subcutânea são fechados em uma única camada.
  • Suturar pele.